Teddy. O urso de Dimitri Selvius

Posted in Personagens, Uncategorized on abril 21, 2010 by necromancerss

Teddy

História: Ha muito tempo quando Dimitri estava aprendendo os ensinamentos dos druidas ele encontrou um filhote de urso negro sozinho com fome e doente.
Dimitri o tratou ateh ele ficar bom quando isso finalmente aconteceu ele foi atraz da mae do pobre urso,ele a achou morta por outra criatura q ele naum sabia oque era,a tal criatura fugiu com medo de dimitri e entaum dimitri resolveu cuidar do filhote até ele estar pronto para voltar para floresta mas eles acabaram formando um laço de amizade e se tornaram companheiros fieis

Urso Negro:
Nome – Teddy
Tamanho – Médio
19 PV
12m Deslocamento
CA 13 Toque 11 Surpresa 12
Ataque Base/Agarrar +2/+6
Ataque:Corpo a corpo: 2 garras +6(Dano 1d4+4) e Mordida +1(Dano 1d6 +2)
Qualidades Especias:Visão na PEnumbra,Faro
Fort +5,Ref +4 Von +2
For 19 Des 13 Con 15 Int 2 Sab 12 Car 6
Escalar +4 Ouvir +4 Observar +4 Natação +8
Talentos: Tolerancia,Corrida


Dimitri Selvius. O sereno

Posted in Personagens on abril 21, 2010 by necromancerss

Dimitre Selvius. O sereno

História:

Dimitri Selvius nasceu em uma tribo de elfos do bosque foi ensinado desde pequeno que se deve cuidar da natureza e respeitala.
Sempre foi um rapaz muito calma e sua atividade preferida era se sentar debaixo de uma arvore depois de almoçar e descançar olhando o céu.Seu conceito de vida é “Sempre á um jeito”.
Seu sonho é encontror um lugar feliz para descansar o resto de seus dias.

Ficha:

Elfo Druida:5  Obad-Hai,Terra,Água
PV:
5d8+0 (24pv’s)
CA:18( des +5,Cors.couro.batido:+3)

Iniciativa:+5

Bônus.Atq: +3  Agarrar: +2 Deslocamento: 9m
Res.Mag:+2 sono  Red.Dano:+4 Contusão
ATq corpo a corpo:
Cimitarra:+4 (1d6+1/X3), adaga+4 (1d4+1/19-20 x2)
ATq Distância: Arco longo:+8(1d8/x3)
Atq TtL:-X-

AE: —X—

QE: Companheiro animal,senso da natureza,empatia com a natureza,Caminho da floresta,Rastro invisivel,resistir a tentação da natureza,Forma selvagem 1/dia

Tendencia: Neutro e Bom

Habilidades:For:10(+1) Des:16 (+ 5) Con:14(+0)Int:14(+3) Sab:16(+2) Car:13(+1)
Pericias:Adestrar Animais 5; Cavalgar 7; Concentração 2; Conhecimento(Natureza) 4;Cura 5 Identificar Magia 4; Natação 2; Observar 9 ;Ouvir 9 ;Procurar 6 ;Sobrevivencia 5;

Talentos: Tolerancia e prontidão
Magias:

0º-Brilho,Concertar,Criar Água,Curar Ferimentos Minimos,Dectar Magia,Detectar venenos,Intuir Direção,Ler Magias,Luz,Orientação,Purificar Alimentos,Resistencia,Virtude.

1º-Névoa Obscurecente,Pedra Encantada.
2º-Névoa,Amolecer Terra e Pedra.
3º-Moldar Rochas,Respirar na Água.

Rovann. O Clérigo de Gamere

Posted in Pdm's e Vilões, Uncategorized on abril 18, 2010 by necromancerss

Rovann.o clérigo de gamere

Vindo de Kalamar, uma grande metrópole Rovann se ofereceu para pregar a palavra de pelor em Darash, os cidadãos da Vila Gamere respeitam apreciam a companhia de Rovann, ele e mais três jovens são os únicos clérigos em Gamere. Rovann é calmo e sereno não gosta de batalhas e é um grande apreciador de boa música, foi criado por elfos e por isso aprendeu a apreciar a arte e conheçeu Pelor quando passava fome em Kalamar, Um sacerdote lhe ofereceu um teto e comida e o encinou tudo que sabe, nisso Rovann segue levando o nome de Pelor.

Grisan. O taverneiro

Posted in Pdm's e Vilões on abril 18, 2010 by necromancerss

Grisan. O taverneiro

Grisan, taverneiro de gamere famoso pelos seus feitos como aventureiro no passado, e também famoso por contar ótimas histórias já foi general de Moram, um reino próximo mas agora procurou tranquilidade em Darash, Sua taverna é frequentada apenas por quem ele simpatize não gosta de brigas e nem baderna adora cantoria e não gosta muito de anões apesar de eles pagarem bem. Grisan sempre deixa dito que no caso de qualquer ameaça a Gamere ele estará pronto para a batalha.

Vila Gamere

Posted in O reino, Uncategorized on abril 18, 2010 by necromancerss

Vila Gamere

Uma pequena Vila ao Sul da ilha, é a única Vila de Darash fica próxima ao Porto seguro um pouco antes das montanhas, a vila é calma e não tem mais do que 200 habitantes. Seu regente é Guarts um Guerreiro aposentado das batalhas de outrora, ele comanda 50 soldados que monitoram a região não luta mais só em último caso mas ainda possui uma bela reputaçõa, O curandeiro da Vila é Rovann um Clérigo do deus do sol e Grisan é o Taverneiro um meio-orc.

A vila não vê uma batalha a muito tempo, por causa das montanhas que a cobrem as criaturas do resto da ilha não as assolam, Mas mesmo assim o único lugar seguro de Darash é a Vila Gamere.

Golens das cinzas

Posted in Monstros., Uncategorized on abril 18, 2010 by necromancerss

Golem das cinzas

Encontrados nas Planices cinzentas e na cidade de Stellcog  e nas praias da areia negra. Um golem que se alimenta de carvão e cinzas ele normalmente não é hostil mas também não é civilizado fala gigante mas muito mal, Ataca Somente com violação de seu território mas recua com oferendas, A criatura é fruto do Fogo do verme branco, mas vive pacificamente com a maioria dos golens da ilha, mas certamente odeia mortos-vivos e as aberrações da Doutora louca. Estima-se que há entre 150 à 200 golens das cinzas na Ilha, Alguns servem ao exército de Stellcog sendo pagos com comida.

Guindill, o guia

Posted in Pdm's e Vilões on abril 17, 2010 by necromancerss

Guindill, o guia

História: Nascido em Ellfhenhen e crescido e criado na vila de Darash agora trabalha como guia. Foi o único a ir mais longe explorando a nova Darash e seus terrores.

Elfo Ranger:1 batedor:1
PV: 2d6+0(27 pv)

CA:17 (+4 des,+3 armadura.couro batido )

Iniciativa: +4

Bônus.Atq:+0  Agarrar:+1  Deslocamento:9m
Res.Mag:0  Red.Dano:0
ATq corpo a corpo:
Espada longa +1 (1d8+1,19-20/x2); Adaga +0(1d4+1,19-20/x2)
ATq Distância: Arco longo + (1d8,19-20/x3)
Atq TtL:-x-

AE:

QE: Rastrear,sentido da natureza,Habilidade de Batedor +1,Visão na penumbra,res sono +2,

Tendencia:Caótico bom

Habilidades:For:12(+1) Des:18 (+ 4) Con:14(+0)Int:13(+1) Sab:17(+3) Car:15(+2)
Pericias: Geografi: +8,Conhecimento local:+11,Sobrevivência:+9,Cura: +8

Talentos: Tiro certeiro, foco em perícia (conhecimento local darash)